Em Prol da Diversidade Fotográfica

LinkedIn

Gosto de pensar que nossos olhos são como lentes de uma câmera. Nossa mente é como o cartão de memória e nós somos a câmera em si.

em-prol-da-diversidade-laryssa-asano-fotografia-dionisio-arte (4)
Diversidade fotográfica

Ao longo da vida, colecionamos momentos que valem a pena. Num mesmo segundo, duas pessoas captam imagens diferentes. Um momento, duas imagens. Temos muitos questionamentos. Conforme vivemos, as perguntas surgem de forma natural e constante.

Qual o motivo, então, dessa diferença de recordações? Imagine que, assim como nenhum ser humano é igual a outro, não existe uma câmera igual a outra. Não existe uma lente igual a outra. São todas muito diferentes. A câmera captará aquilo que lhe é familiar e agradável. O que é agradável para um, não é necessariamente para o outro.

em-prol-da-diversidade-laryssa-asano-fotografia-dionisio-arte (1)

Certo dia, fui andar no Parque Ibirapuera. O dia estava se iniciando, eram 6h40 da manhã. O clima era ameno, o parque estava vazio e as luzes perfeitas. Cada pedacinho daquele lugar era mágico: bastava olhar com bastante atenção.

Naquele dia, tenho certeza que milhares de pessoas pisaram no mesmo lugar que eu. Milhares viram a mesma cena que eu, algumas podem até ter tirado uma foto, assim como eu. Entretanto, quantas serão iguais?

em-prol-da-diversidade-laryssa-asano-fotografia-dionisio-arte (2)

O jogo de luz, verde, outras cores e a sombra garantem um contorno magnífico à natureza.

Você olha, para e pensa: se a situação era a mesma, os objetos os mesmos e o dia era o mesmo, por que tanta mudança? É tudo uma questão de ponto de vista.

É estranho pensar o quanto somos influenciados pelo meio. O dia nublado tornou-se melancólico por convenção. Seus sentimentos influenciam diretamente o modo que você enxerga o mundo. Nunca duvide disso.

em-prol-da-diversidade-laryssa-asano-fotografia-dionisio-arte (3)

Deixamos de perceber alguns detalhes porque nosso dia não estava bom o suficiente. Não era um dia maravilhoso, talvez fosse até maravilhoso demais. Os extremos causam uma euforia ou uma falta de interesse. Se ainda quiser utilizar a metáfora, pense que cada câmera possui um computador interno que controla o que deve ser capturado ou não.

Não deixa de ser incrível. As diferentes percepções do mundo tornam-o o que ele é. Não há como negar a beleza. A diversidade é bela simplesmente porque ela é. Não existe justificativa por trás dela e nem deveria. Duas pessoas não tirarão a mesma foto, nem mesmo um grupo de dez, vinte ou mil. A reprodução delas nas mídias não tira a sua autenticidade.

em-prol-da-diversidade-laryssa-asano-fotografia-dionisio-arte (5)

Seja no chão, no alto de uma torre, em um carro em movimento, em um ambiente urbano ou campestre, o mundo está a sua disposição. Abra os olhos, inspire todo o ar que conseguir e solte-o lentamente.

Permita-se ouvir o som do seu próprio batimento cardíaco e deixe seu coração te guiar. Há uma infinidade de paisagens prontas para serem fotografadas. Elas só precisam que você esteja pronto para as enxergar.

 

LinkedIn

Categorias

Photo Stories

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Get Curated Post Updates!

Sign up for my newsletter to see new photos, tips, and blog posts.