Rafael Grampá, um Fenômeno das HQs

LinkedIn

No últimos 10 anos, um dos maiores nomes da HQ brasileira é, sem dúvida nenhuma, o de Rafael Grampá. Seu estilo é bem interessante, versátil e dinâmico, tornando-o um verdadeiro fenômeno do mundo da arte.

rafael-grampa-hq-quadrinhos-comic-book-dionisio-arte (11)

A carreira do gaúcho Rafael Grampá começou em 2005 e foi meteórica. A ascensão do artista nascido na cidade de Pelotas em 1978 foi fenomenal e impressionante.

rafael-grampa-hq-quadrinhos-comic-book-dionisio-arte (1)

Separamos um vídeo em que ele próprio fala sobre suas inspirações, a forma como encara a arte, como foi o início da carreira e as aspirações para o futuro.

[su_youtube url=”https://www.youtube.com/embed/OpfJS1rzCKA”]

Ele ganhou destaque já com sua primeira HQ chamada “Gunned Down: Lao Family’s Fish Market”.

Esta obra se tratava de uma história de 4 páginas e foi publicada nos Estados Unidos pela Terra Major. Nada mal para uma estréia.

rafael-grampa-hq-quadrinhos-comic-book-dionisio-arte (9)

Além das comic books, Grampá também têm experiência como diretor de arte de animação, motion graphics e design gráfico em produtoras de vídeo, canais de televisão e estúdios de animação.

rafael-grampa-hq-quadrinhos-comic-book-dionisio-arte (2) rafael-grampa-hq-quadrinhos-comic-book-dionisio-arte (10)rafael-grampa-hq-quadrinhos-comic-book-dionisio-arte (6)O segundo trabalho veio em 2007 em parceria com Fábio Moon, Gabriel Sá, Vasilis Lobos e Becky Cloonan. Trata-se da publicação independente “5”.

Assim como na sua estréia, “5” também gerou muitos frutos para o artista. O ápice foi o prêmio “Eisner Award” para melhor antologia de 2008.rafael-grampa-hq-quadrinhos-comic-book-dionisio-arte (10) rafael-grampa-hq-quadrinhos-comic-book-dionisio-arte (11)

Pra quem não sabe, este prêmio é considerado como o Oscar das HQs internacionais. Esta foi a primeira vez que um trabalho de artistas brasileiros ganhou um Eisner Award.

Logo depois, veio o primeiro trabalho solo de Grampá chamado “Mesmo Delivery” e que foi lançado de forma independente nos EUA.

rafael-grampa-hq-quadrinhos-comic-book-dionisio-arte (13) rafael-grampa-hq-quadrinhos-comic-book-dionisio-arte (14) rafael-grampa-hq-quadrinhos-comic-book-dionisio-arte (9)

“Mesmo Delivery” é uma obra do ano de 2008 e se trata de uma graphic novel inspirada no seriado de “Além da Imaginação” e nos filmes de Sergio Leone e Sam Peckinpah.

Este trabalho foi mais um sucesso e gerou dois Troféus HQ Mix em 2009 para o artista: o de Melhor Álbum Nacional e Melhor Desenhista Nacional.

rafael-grampa-hq-quadrinhos-comic-book-dionisio-arte (12)rafael-grampa-hq-quadrinhos-comic-book-dionisio-arte (7) rafael-grampa-hq-quadrinhos-comic-book-dionisio-arte (8)

Em 2009, veio outro marco super importante na sua carreira. Ele foi eleito pela Revista Época como um dos 100 brasileiros mais influentes do mundo.

Mas foi no ano seguinte que veio o que a gente considera o feito mais sensacional de Rafael Grampá. Ele foi convidado pela Marvel para criar uma história para a antologia “Strange Tales 2”, tendo liberdade total para dar o direcionamento que quisesse à história.

rafael-grampa-hq-quadrinhos-comic-books-dionisio-arteEntão, o autor criou a história e desenhou “Dear Logan” (Prezado Logan) que tinha 8 páginas e que trazia como herói e personagem principal o mutante Wolverine, da série clássica X-Men.

rafael-grampa-hq-quadrinhos-comic-book-dionisio-arte (5)

E o resultado foi inacreditável. “Dear Logan” foi um sucesso absoluto e chegou a ser considerada pelos críticos americanos mais relevantes do mercado como a “melhor história do Wolverine de todos os tempos”.

rafael-grampa-hq-quadrinhos-comic-book-dionisio-arte (4)rafael-grampa-hq-quadrinhos-comic-books-dionisio-arte (2)

Com esse feito sensacional, ele se tornou o primeiro brasileiro a escrever um roteiro e ser publicado pela Marvel nos EUA. Tudo isso tendo apenas 32 anos!

Por essas e outras, Rafael Grampá é um verdadeiro fenômeno das HQs. Pra saber mais sobre o artista, deem uma olhada na fanpage dele no Facebook e nos perfis dele no Instagram, Flickr e Vimeo.

Aliás, já que citamos o Vimeo do cara, separamos um vídeo insano chamado “Dear Noir” pra fechar o post. Sente só que animação cabulosa:

[su_vimeo url=”https://player.vimeo.com/video/116381820″]

LinkedIn

Categorias

Photo Stories

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Get Curated Post Updates!

Sign up for my newsletter to see new photos, tips, and blog posts.